sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

A Fundação do Clube Fluvial Portuense

Numa época em que o remo desportivo era a modalidade de eleição praticada
pela elite inglesa residente na região norte é fundado, em 20 de Junho de 1866 o
Oporto BoatClub, em 1868 o Clube Naval Portuense e em 1876,
o Club Fluvial Portuense,resultante do entusiasmo de um grupo de portuenses pelos
desportos náuticos.
Este último, ainda em actividade trata-se da colectividade desportiva mais antiga do Norte
de Portugal. O Oporto Boat Club era apenas constituído por ingleses, possuindo
tripulações de muita qualidade e na altura consideradas invencíveis. Segundo as nossas
consultas a sua primeira derrota foi em 1907.
Em 1875 realizou-se uma regata no Douro, com uma participação de Clubes a nível
nacional. A prova desenrolou-se desde Avintes até à Pedra Salgada e, a meio da prova, a
baleeira Diana virou-se e os seus cinco tripulantes caíram à água, as outras
embarcações abandonaram a corrida e foram em socorro dos náufragos conseguindo
salvá-los.
No ano seguinte, a 25 de Maio, foi disputada outra regata também para amadores
nacionais, no mesmo local da do ano anterior. Das várias provas a mais competitiva foi
a que teve frente a frente os escaleres Douro e o Tamiza, da qual saiu vencedor o
primeiro apenas pela diferença de meio barco. Foi esta regata que deu origem ao
aparecimento do Clube Fluvial Portuense fundado num antigo café da Ribeira, o Café
de Santo Amaro.
Em 1877, a 22 de Julho, o Fluvial organiza então a sua primeira regata. Efectuaram-se
cinco corridas de Escaleres que era o barco de eleição do Remo nortenho. Os prémios
foram medalhas de prata galvanizada. Este clube organizou várias e importantes provas
entre a sua fundação e 1886.
No dia 14 de Julho de 1878 o clube portuense organizou novas provas, nas quais
entraram os escaleres Maria Cristina e Vallonia. Como reconhecimento dos serviços
prestados ao desporto náutico El Rei D. Luís, seu Comodoro Honorário, concedeu-lhe
o título de Real em 1888. Ainda por esta altura o clube, junto do seu hangar, montou
um posto de Socorros a Náufragos o que motivou um louvor de S. Exa. o Ministro da
Marinha em 1889. Prosseguindo no seu plano iniciou, com grande resultado, a
dinamização do desporto com a organização, em 1890 de saraus de ginástica artística
por todo o país, realizou com grande esplendor um cortejo fluvial do Rio Douro a
Leixões, em honra da Armada Portuguesa, o qual foi considerado um grande
acontecimento em 1896. Introduziu os barcos tipo Runner em Portugal e em 1903
instalou na sua sede escolas primárias para as crianças pobres.
No dia 25 de Julho de 1879 o Fluvial organizou uma regata com a participação dos
escaleres Neiva e Nereida. O primeiro passeio oficial do Clube Fluvial Portuense foi
organizado em honra dos exploradores Brito Capelo e Roberto Ivens, a 2 de Maio de
1880. A 5 de Setembro teve lugar a distribuição de prémios da regata de Agosto na
sede do Clube durante uma sessão solene. Ainda neste ano disputou-se também uma regata de
Remo entre Lisboa e o Porto

Frete de Guigas na embarcação Linda Palmeira para as Regatas no Porto:











Seguro da Guiga para as Regatas no Porto:



















Inscrição do Iate Lia de El Rei e de Sua Majestade a Rainha nas Regatas de Leixões:



















1 comentário:

isabel disse...

o meu pai treinava nesse clube e foi campeão nacional em 72/74 , tenho algumas fotos dessa epoca